PROMOÇÃO DA QUALIDADE DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS, DA SAÚDE E DO BEM-ESTAR DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE.

Investigadores Integrados: Tito Laneiro (IR)José Magalhães, Luísa Ribeiro

Investigadores Colaboradore: Martina Nitzsche, Michael Leiter (Deakin University (Austrália), Katerine Osatuke (NCOD/VHA, EUA) Saúl de Jesus (UALG)

Este estudo pretende contribuir para o incremento da qualidade das interações sociais no local de trabalho, da saúde e bem-estar dos vários profissionais de saúdo, como médicos, enfermeiros, assistentes operacionais e técnicos, bem como da retenção e qualidade dos cuidados prestados, aumentando assim a satisfação dos clientes. Trata-se de um estudo longitudinal de investigação-ação, de método misto.

O setor da saúde enfrenta grandes desafios sociais e económico-financeiros. A segurança dos clientes depende da qualidade dos cuidados prestados. Estes são afetados pela qualidade do ambiente de trabalho, que atualmente  apresenta indicadores preocupantes de níveis de stresse, incivilidade, insatisfação, burnout e intenção de abandonar a instituição ou a profissão. Trata-se de um projeto inovador, na medida em que: (1) contempla a equipa de saúde multidisciplinar; (2) integra um componente qualitativo que permite enriquecer o quantitativo e obter informações cruciais para a realização da intervenção; (3) inclui um programa de intervenção com duração de seis meses que visa promover efeitos positivos a nível individuais, grupal e organizacional; (4) tem natureza longitudinal, permitindo confirmar relações de causalidade entre as variáveis em estudo e avaliar a eficácia da intervenção; (5) engloba a transferência de know-how da equipa de investigação para elementos da instituição, permitindo um efeito mais duradouro.

English English Português Português