Diferenças individuais no funcionamento psicológico de estudantes universitários: um estudo em contexto de pandemia

Investigadores: Odete Nunes (IR), Rute Brites, Tânia Brandão, Maria Antónia Ross, Edite Oliveira, João Hipólito

Devido à situação pandémica que estamos a vivenciar, os estudantes do ensino universitário, praticamente desde março de 2020 têm estado numa situação de ensino à distância. Para além de todas as alterações/adaptações que tiveram que fazer a nível da continuidade académica, estudos já realizados com outras populações sugerem que a própria situação de elevada transmissibilidade do vírus e as respetivas consequências para a saúde de si e familiares, o isolamento e o medo acarretam consequências a nível da saúde psicológica. O objetivo deste estudo, numa amostra de estudantes universitários, é explorar o papel de variáveis individuais (resiliência, regulação emocional) no funcionamento psicológico, i.e., considerando a ameaça percecionada e a exposição a eventos potencialmente traumatizantes, em que medida estas variáveis podem mediar o desenvolvimento de sintomas de stresse, ansiedade e stresse póstraumático

English English Português Português