Bolsa de Iniciação à Investigação (BII) (1 vaga) 2021

Referência: BII _2021_5_UIDB/04345/2020
Área científica: Psicologia

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma bolsa de iniciação à investigação (BII) no âmbito da instituição de I&D Centro de Investigação em Psicologia da Universidade Autónoma de Lisboa, com a referência UIDB/04345/2020, tendo o apoio financeiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), através de fundos nacionais (PIDDAC), nas seguintes condições:

Requisitos de admissão:

Aluno de licenciatura em Psicologia (frequência do 2º ou 3º ano) ou de Mestrado em Psicologia (frequência do 1º ano).

Critérios de preferência

– Frequência do 1º ano do Mestrado em Psicologia;

– Disponibilidade horária.

Plano de trabalhos

Integração em projeto de investigação na área da Psicologia, especificamente com recolha de dados no terreno e transcrição de entrevistas de recolha de dados. Os objetivos a atingir são: 1) obtenção de um conjunto de protocolos de investigação preenchidos pelos participantes da investigação; 2) obtenção das transcrições de um conjunto de entrevistas clínicas, para posterior análise.

Legislação e regulamentação aplicável

A bolsa é atribuída ao abrigo da Lei Nº. 40/2004, de 18 de Agosto, atualizada pelo Decreto -Lei n.º 123/2019, de 28 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, disponível em https://www.fct.pt/apoios/bolsas/estatutobolseiro, e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor (disponível em https://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt) e Alterações ao Regulamento nº 950/2019, de 16 de dezembro (disponível em https://www.fct.pt/apoios/veraocomciencia/docs/Primeira_Alteracao_Regulamento_Bolsas_Investigacao_FCT.pdf)

Local de trabalho

O trabalho será desenvolvido presencialmente nas instalações do CIP – Centro de Investigação em Psicologia, da Universidade Autónoma de Lisboa, Rua de Santa Marta, 47, 3º andar, gab. 304, sob a orientação da Prof.ª Doutora Rute Brites.

Duração da(s) bolsa(s)

A bolsa terá à duração de 4 meses, com início previsto em 1 fevereiro de 2022. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo de 8 meses. Será constituída uma lista de reserva de seleção, podendo esta ser utilizada até ao máximo de 8 meses.

Valor do subsídio de manutenção mensal

Valor do subsídio de manutenção mensal:

O montante da bolsa corresponde a 446,12€ mensais, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores), e será pago por transferência bancária, pela entidade contratante.

Métodos de seleção

Serão apenas considerados para entrevista os 3 candidatos que obtiveram a média mais elevada na totalidade das UCs concluídas da licenciatura que frequentam ou, no caso dos alunos que frequentam o Mestrado, a média final da Licenciatura.

A seleção resultará de uma apreciação global baseada nas seguintes ponderações: avaliação curricular (50%), entrevista (40%); carta de motivação (10%). Só serão admitidos candidatos com média ponderada igual ou superior a 15 valores.

Composição do Júri de Seleção

Presidente: Profª Doutora Odete Nunes; Vogais efetivos: Profª. Doutora Rute Brites; Prof.ª Doutora Tânia Brandão. Vogal suplente: Profª. Doutora Luísa Ribeiro.

Forma de publicitação/notificação dos resultados

Os 3 candidatos selecionados e admitidos para entrevista são convocados por correio eletrónico. O Edital e os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida, em local público no site da Universidade Autónoma de Lisboa (www.autonoma.pt), sendo o candidato aprovado notificado através de correio eletrónico. Todos os candidatos serão notificados da decisão por correio eletrónico.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas

O concurso encontra-se aberto no período de 30 de novembro a 31 de dezembro de 2021.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: 1) Curriculum Vitae; 2) Carta de motivação; 3a) para alunos que frequentam um curso de 1º ciclo, comprovativo de inscrição e frequência nesse curso, com notas obtidas no(s) ano(s) anterior(es); 3b) para os alunos que frequentam um curso de 2º ciclo, comprovativo de inscrição e frequência nesse curso e Certificado de Habilitações da Licenciatura. As candidaturas deverão ser entregues por correio eletrónico para o e-mail cip@autonoma.pt, devendo incluir a referência do concurso no campo do Assunto BII_2021_5UIDB/04345/2020.

O não envio de algum dos documentos exigidos na candidatura é motivo de exclusão (de acordo com o Art. 10º. do Regulamento n.º 950/2019 de Bolsas de Investigação da FCT).

Prazo de reclamação

Após decisão final, e notificação aos candidatos, deve ser tomada no prazo de 15 dias úteis, ou recurso para o órgão executivo máximo da entidade financiadora no prazo de 30 dias úteis.

Nota:

No fim do período de Bolsa, o bolseiro deve realizar um relatório das atividades. Nesse relatório devem estar descritas, detalhadamente, todas as atividades desenvolvidas, o período de tempo ocupado com as mesmas e os objetivos atingidos.

Mais informações aqui

Resultados

Realizou-se o concurso para a atribuição de uma Bolsa de Iniciação à Investigação (BII) no âmbito da Unidade de I&D – Centro de Investigação em Psicologia – CIP com a referência BII _2021_5_UIDB/04345/2020, na área científica: Psychology, com o financiamento FCT/MCTES.

Foram recebidas seis candidaturas. Foram excluídas, inicialmente, três candidatas: Barbara Ursine, por não cumprir os requisitos obrigatórios de admissão; Taha Ahmadi, por não cumprir os requisitos obrigatórios de admissão e não ter formação na área científica do concurso; Rita Alexandra de Sousa Almeida, por falta de apresentação dos documentos requeridos no Edital do Concurso.

Foram selecionados para entrevista os três candidatos restantes: Cátia Moreira, Dulce Dias e Hélder Caldeira. No final da entrevista o candidato Hélder Caldeira foi excluído, pois desenvolve atividade profissional e não pode usufruir de uma bolsa em regime de exclusividade (segundo o N.º 1 do Art. 16º. do Regulamento n.º 950/2019 de Bolsas de Investigação da FCT).

Após a condução das entrevistas, o júri classificou as duas candidatas com base nos seguintes parâmetros: avaliação curricular (50%), entrevista (40%); carta de motivação (10%). Os resultados são os seguintes:

Dulce Dias: 71,50 %

Cátia Moreira: 70,00 %

A candidata selecionada para a Bolsa de Iniciação à Investigação foi Dulce Dias.

Lisboa, 27 de janeiro de 2022

O Júri do Concurso

Presidente

Prof.ª Doutora Odete Nunes

Vogais efetivos

Prof.ª Doutora Rute Brites
Prof.ª Doutora Tânia Brandão

English English Português Português